sábado, 25 de maio de 2013

FILHA MINHA

Por tamanha tristeza... Por tamanha dor!
Sabotando do Infinito - porção de Flores
- Corbeille de Amor - feita de Contas Azuis Celeste
Refletindo o Mar – qual Espelho de Prata...
Trouxe a mim de volta!

Para protegê-la, ampará-la
Qual criança carente - em busca de um pulso forte!
 - Para libertá-la do ressentimento doloroso
 Que o estava a maltratar!...

- Fui me achegando... Fui vindo!
Me aproximando... trazendo um Rosário
De Lembranças de Saudade e de Afeto.

Aqui estou eu para lhe abraçar – trazendo
Uma Corbeille de Amor – feita com muita Luz
- Flores luminosas são ofertadas
A você... Filha Minha! - que a Amo tanto!

Estarei sempre ao seu redor – Em todos os momentos
Que me Invocar - a você Volverei sempre
- Que de mim precisar!

Não se angustie - por coisas insignificantes...
- Partindo do Princípio de que - é dando que se recebe
Espere e verá! - que o seu Amor será compreendido.

- E dando como dá?! – Breve se multiplicará!
E o seu quinhão a você - tornará!
Descanse, repouse!... Não se martirize!
Tudo vai passar... E sempre estarei aqui para ajudar
E o Pai a abençoará!
        

       ADEUS!






Hilda G. Corrêa

Recife PE Em 26/04/88 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário